(19) 3807-6766 | (19) 99678-0175 | (11) 97309-8320
Palestrante Dill Casella

  • Super Minas
  • Accenture
  • Shell
Home | Artigos do Dill Casella

DIVERSÃO PRODUTIVA CRIATIVA



Show Da Avenida

Recentemente visitei a calorosa e acolhedora Recife para palestrar e resolvi jantar com dois amigos que trabalharam comigo na Camargo Corrêa há mais ou menos dez anos.

Puxa vida, dez anos! Já!! Há dez anos não nos víamos, não conversávamos, não fofocávamos! Tínhamos assunto para a noite inteira e a noite foi deliciosamente longa e regada a muitas risadas, revelações e boas recordações!

Depois daquele susto inicial dos cabelos brancos que insistem no processo de multiplicação em cada um de nós, uma pergunta de um dos meus amigos me motivou a escrever este artigo. E foi assim:

- E então Dill, o que tem feito?

A resposta foi assustadoramente imediata e repleta de verdade:

- Estou me divertindo!

Segundos depois, pensei em me conter e até tentar consertar a resposta. Graças a Deus, tal vontade passou e, repleto de convicção, tive a mais absoluta certeza de ter me manifestado da maneira mais honesta e real!

A diversão, nesse sentido, refere-se ao que chamo de “Diversão Produtiva Criativa”!! Já escrevi isso em outro artigo e é a pura verdade: cada vez que subo num palco, pego um microfone e inicio um treinamento ou uma palestra, exercito a DPC (Diversão Produtiva Criativa)!

Lembro-me de um antigo líder da minha atividade em vendas que sempre insistia nisso: “...se vocês sairem de casa e estiverem vindo para o escritório ou visitar o cliente, sem isso ser legal, sem isso ter um prazer maior, uma sensação de alegria, tudo que vier depois será muito chato e com pouco propósito...”. Levo isso como lema de vida e sempre tomei minhas decisões fundamentadas na DPC!!

Na minha cidade tem um mecânico de automóveis que exala DPC! E isso é contagiante, sabe? É o “Marquinho”, conhecido como “Piolho” !!

Sabe aquele cara apaixonado pelo que faz? É o Piolho! Hiper bem equipado, sempre ao terminar uma regulagem de motor com os melhores computadores, jamais deixa de parar por alguns segundos na frente do capô e de conferir o “ritmo do funcionamento do motor”! Ouve cada timbre, cada nota como um verdadeiro maestro da sinfonia veicular!! Fantástico!

O destino quis que Piolho experimentasse seu quarto rim... Eu explico: dois rins “vieram de fábrica” (nasceram com ele). O tempo passou e ele já meio maduro, achou a salvação no rim de um irmão. Anos mais tarde, o destino pregou uma peça daquelas que somente o Criador explica.

O “terceiro” rim parou de funcionar e Piolho quase morreu! Praticamente toda a família submeteu-se a exames para doação ao querido ente... Os exames mostravam a impossibilidade de doação de todos, exceto um...

Um rim o salvou! Não de seus filhos, irmãos, sobrinhos e netos... Justamente o rim que dormiu por anos e anos ao seu lado e proporcionou o companheirismo de suas maiores conquistas. Coisas que somente Papai do Céu proporciona! A esposa foi a única doadora compatível!! E Piolho está lá, firme e forte, com um pedaço de sua amada filtrando seu sangue, continua regendo motores, suspensões e câmbios!!!

Piolho faz parte de um grupo de pessoas que não corre para a aposentadoria para esperar a hora chegar. É do mesmo time dos atores que mudam de plano praticamente em cena, como Paulo Autran e Raul Cortez o fizeram!

Esbanjam DPC!! Assim como Michelangelo, Da Vinci, Van Gogh, Newton, Steve Jobs, Einstein, Bill Gates, Santos Dumont e outros tantos fizeram! Além de apaixonados pelo que fizeram, divertiam-se com suas atribuições, criações e inquietudes!

Você está se divertindo e produzindo de maneira criativa? De verdade?

A vida é muito curta... Curta, crie, produza e divirta-se!!!


Dill Casella


Fonte: Dill Casella

Dill Casella é autor do livro “Atitude e Altitude” pela Editora Vozes, de dezenas de artigos publicados em mídia impressa e digital e um dos palestrantes mais criativos e contratados atualmente no Brasil!


Voltar para a página anterior