(19) 3807-6766 | (19) 99678-0175 | (11) 97309-8320
Palestrante Dill Casella

  • Super Minas
  • Accenture
  • Shell
Home | Artigos do Dill Casella

O QUE HABITA A MALA DE UM VENDEDOR



Esse tema me intriga há tempos...Será que todos os vendedores usam os mesmos acessórios? Dá vontade de sair abrindo pastas e bolsas dos profissionais da área para conferir. Já fez isso? Eu já!! Olha o que eu mais achei:


Se o leitor pensou de cara: cartões de visita, começamos bem!! Cartões de visita devem viver na alma do profissional de vendas. No livro “Como vender qualquer coisa a qualquer um”, Joe Girard chega a sugerir que as tarjetas sejam atiradas ao alto em um estádio após a alegria do gol!! Não os esqueça jamais, nem em um passeio ao parque de diversões com seu filho...Eu confesso já ter feito negócio na fila do cinema...


Folders são tão poderosos quanto o cartão. No entanto, precisam ser destinados com mais rigor, mais seleção, pensando-se sempre na cadeia decisora e influenciadora da compra.


Bloco de notas e caneta para momentos de insights, momentos de passagem do consciente para o inconsciente...para aquelas horas “hellmanns air lines” (viajando na maionese). Aquelas horas são cruciais para o profissional de vendas!! É ali que começa a surgir uma nova abordagem, a sugestão para desenvolvimento de um novo produto, etc. Abuse do “devaneio produtivo”!!!


Publicação de interesse pessoal / profissional para aguardar nas recepções...fuja às Caras e Contigos de plantão!! Invista esse tempo em você!!


Agrados, mimos para recepcionistas e “facilitadoras (es)” de informação. Por favor, não pense em agradar com aquele chocolate amassado, que habita o fundo de sua pasta há meses...renove seu estoque!!


Evite MP3 ou equipamentos de áudio, quando no campo de visão do cliente. Isso pode fazê-lo perder o foco e desconectar sua antena de novidades (que deve estar calibrada sempre!!). Bateria reserva para celulares e palmtops ou carregadores são essenciais nos dias de hoje!! Falamos muito e o fato de perder a comunicação pode representar dano irreparável na venda e no relacionamento com o cliente!!


Nossas refeições nem sempre são das melhores, não é mesmo? Falo de lanchonetes rapidinhas, PFs, pratos do dia, etc. Isso quando nossas refeições não são feitas ao volante (um erro irreparável para a saúde e para o próximo...). Eu mesmo convivi por semanas com o cheiro azedo de um suco do McDonalds que virou quando fiz uma curva...Eh Vida de vendedor!!...Melhor parar e presentear-se com uma refeição digna!!


Desodorante para as visitas da tarde...pode ser? Um pente para dar aquela ajustada no visual? Nada mal!! Aparência inadequada, afasta. O zelo com a aparência gera confiança no cliente.


Jamais limite-se a ser vendedor (venda de produto ou serviço). Seja um consultor de verdade, oferecendo soluções e assessoria ao cliente e nunca, nunca perca seu maior patrimônio: o desejo pelo fechamento, por atender bem seu cliente, pela fundamentalidade de sua existência em uma cadeia alimentada e harmonizada por esse profissional que tenho o maior orgulho de pertencer à classe: o magnífico profissional de vendas!!!!


Sucesso e bons negócio!!!


Fonte: Dill Casella

Dill Casella é autor do livro “Atitude e Altitude” pela Editora Vozes, de dezenas de artigos publicados em mídia impressa e digital e um dos palestrantes mais criativos e contratados atualmente no Brasil!


Voltar para a página anterior