(19) 3807-6766 | (19) 99678-0175 | (11) 97309-8320
Palestrante Dill Casella

  • Super Minas
  • Accenture
  • Shell
Home | Artigos do Dill Casella

O TRAINEE: EXPERIMENTAÇÃO E VALIDAÇÃO



Vida de Trainee é dura!! Curriculuns para todo lado, cadastramento em sites, processos seletivos, entrevistas, dinâmicas...ufa, tem que ter fôlego!!

Competência a essa turma, não se discute!! Nem tecnologia!! Essa geração já nasceu digital, familiarizada com sistemas, programações, atalhos, etc. Não conheceram o “Long Play”...nasceram com os CDs, mouses e os joy sticks nas mãos. Lembro-me que, em minha época, do tamanho da inovação do controle remoto...com fio, é claro!!


Lembro-me, quando pequeno, do tamanho da emoção de meu avô discorrendo sobre as ondas de rádio e a emoção de ouvir os jogos de seu time tanto na Capital quanto no Litoral...

Hoje, o acesso à informação está a um click, ao simples ato da digitalização de uma palavra ao PC, ligado quase que o dia inteiro em casa, e trás centenas de possibilidades e de assuntos relacionados. Tal facilidade, logicamente que ajuda (e muito!!), no entanto, também ajuda a inibir a experimentação. Folhear livros em uma biblioteca em busca de um assunto, abre muito mais possibilidades de aprendizado e “diálogo interno construtivo” que uma pesquisa digital concentrada em algumas palavras nos sites de busca. No mundo corporativo é a mesma coisa, a experimentação encontra seus caminhos cada vez mais estreitos.


Eu explico:


Conheço muitas empresas (de todos os tamanhos) sedentas por energia, inovação, “sangue novo”, que apostam quase todas as fichas em seus programas de trainees. Confundem os reais motivos dos programas e exigem grau de maturidade, de tomada de decisão, de equilíbrio, etc. que não são pertinentes até a idade de seus candidatos. Fazem ainda pior: creditam-lhes tamanho grau de responsabilidades e cargos que chegam a destruir carreiras absolutamente promissoras de futuros profissionais com altíssimo grau de desenvolvimento e capacidade de realização.


Deixo claro: o trainee é fundamental, é o futuro gestor, futuro CEO, com certeza!!


Caro Trainee: exija uma atuação séria, com metas claras por parte de seu mentor. Paralelamente, valide sua atuação (e do mentor) com um coaching particular fora do ambiente corporativo, que, logicamente, deve estar preparado para isso, como por exemplo, alguém de atuação relevante em empresas do mesmo porte que a sua ou maior. Essa associação lhe trará segurança e firmeza na tomada de decisões, nem que a decisão seja para deixar a empresa que o contratou...


Por favor, empresa contratante: permitam a experimentação!! Ela é muito mais profunda que passar alguns meses (ou semanas ) em rodízio nos vários departamentos e depois, literalmente lançar a “emergente geração de ouro” aos leões, ou tubarões, ou raposas...e por que não dizer, até dinossauros do mundo corporativo...


Autor: Dill Casella

Dill Casella é autor do livro “Atitude e Altitude” pela Editora Vozes, de dezenas de artigos publicados em mídia impressa e digital e um dos palestrantes mais criativos e contratados atualmente no Brasil!


Voltar para a página anterior