(19) 3807-6766 | (19) 99678-0175 | (11) 97309-8320
Palestrante Dill Casella

  • Super Minas
  • Accenture
  • Shell
Home | Artigos do Dill Casella

POR QUE A GRAMA DO VIZINHO É MAIS VERDE?



Show Da Avenida

Jô Soares, em 2005, manifestou-se sobre a perda do amigo Ronald Golias da seguinte forma: "Golias foi um dos maiores comediantes que conheci. Sempre modesto, nunca teve total consciência do seu imenso talento."

E Ronald Golias era um talento mesmo!! Fazia rir do mais velho ao mais novo, simplesmente com seu olhar, seu sorriso e presença em cena!! Alias, presença que tomava conta do teatro e da TV, deixando pouco espaço para os demais atores. Brilhava como ninguém!!

Tenho notado uma série de profissionais, de diversas áreas, cujo posicionamento é modesto ao extremo!! Por favor, leitor, não entenda que estou fazendo apologia à arrogância, ao egocentrismo, etc. Não é isso não...Trata-se de uma arte: a de saber posicionar-se!!

Caso Golias tivesse adotado um posicionamento de reconhecimento de seu enorme talento, e transformado essa postura em valor, certamente não só o Brasil, mas o mundo o conheceria!! Com todo respeito, não sobraria muito espaço para Eddie Murphy e Jim Carrey...

Conheço muitas pessoas e até vendedores que sofrem dessa síndrome: a da valorização da grama do vizinho!! Segundo a própria visão, tudo do morador ao lado, do concorrente parece ser melhor, com mais tecnologia, mais vistoso, mais bem equipado, com melhores serviços agregados, etc. No caso de profissionais da área comercial, na hora de passarem preço então, não conseguem ver valor, portanto não acreditam no que os produtos e serviços carregam, não conseguem imaginar que o cliente esteja realizando investimento. Pior de tudo é que isso fica evidente no processo de venda e ao cliente só resta a alternativa de procurar a concorrência...Isso é mais comum do que se pensa!!

Alguns profissionais liberais e empresários também sofrem dessa síndrome. Sofrem na hora da negociação, da venda, da apresentação de orçamento. E fecham negócios da maneira mais indigesta para eles mesmos, porque quando o interlocutor percebe, já era... Depois creditam o sucesso dos colegas bem sucedidos à sorte!!

Estratégias interessantes podem funcionar para “valorizarmos nossa própria grama”!! A primeira delas é reconhecermos nossa grandeza, nosso valor, potencial e, principalmente, missão!

Para profissionais de vendas, liberais e envolvidos em negociação, saber dosar a própria ansiedade é exercício de sabedoria milenar. Portanto, antes de fechar negócio, procure transmitir equilíbrio! Respire tranquilamente e faça pausas, acompanhadas de semblante de confiança e verdadeiras intenções de servir !!

Nessas horas, segundo meu amigo Cláudio Diogo, estamos ajudando as pessoas a tomarem as melhores decisões para elas mesmas.

Pode ser que o interlocutor esteja inseguro, fragilizado e, na maioria esmagadora das vezes, procurando um apoio, um porto seguro, uma convicção para sua decisão. Sabe com quem ele está procurando tudo isso? Com você!! Seja este porto seguro!! Assuma tal papel!!

Acredite no verde de sua grama e posicione-se para contemplá-la sempre!! Sem falsa modéstia


Fonte: Dill Casella

Dill Casella é autor do livro “Atitude e Altitude” pela Editora Vozes, de dezenas de artigos publicados em mídia impressa e digital e um dos palestrantes mais criativos e contratados atualmente no Brasil!


Voltar para a página anterior